14 de novembro de 2017

Você não roga, atrai pra si!

Exato! Todos nós já esbarramos com alguém que parece querer levar nossa paciência ao limite, nos testa ao máximo parecendo que essa pessoa literalmente torce contra você, mas calma ela atrai para ela mesma, tudo aquilo que deseja inclusive você (não vale ler e lembrar-se de alguém hein). Mas e quando não estamos nos importando com isso? Quando não ligamos para tal assunto e mesmo assim ele permanece, ai você pensa ‘’o que eu estou deixando passar qual lição eu não aprendi ainda?”“. Complicado, mas a resposta é não permitir, não deixar se consumar por pessoas irrelevantes, e atos ignorantes, nós merecemos estar em tranquilidade em relação a qualquer pessoa, já dizia o ditado quem tem luz própria sempre vai causar certo desconforto. Maturidade define sua mentalidade para lidar com certas situações, nem sempre vamos ter paciência para contornar a situação, mas podemos ficar tranquilos já que tudo que se faz se paga eu, você, nós em resumo iremos pagar. Pense assim se você se alimentasse das palavras que pronuncia, estaria nutrido, ou subnutrido? Pergunta simples, mas que pesa na maioria das consciências humanas, devido a nossa falta de visão com o próximo estamos bem perto de esquecer que precisamos um do outro para se sentir bem, mas quando se magoa todas as pessoas que estão a sua volta com um comportamento, não digo infantil, mas sim irresponsável como você esperaria ser tratado por essas mesmas pessoas? Mas se você consegue resistir a todos esses estresses cotidianos ou não, sem entrar em colapso, se manter bem mentalmente, tirar aprendizado e força da situação chamamos isso de RESILIÊNCIA. Parecido com esperança né?! Mas a resiliência também tem muito haver com maturidade, a mesma maturidade que te diz que não vale todo o estresse por algo ou alguém, também é ela que te permite ser seu próprio lar, se assim podemos dizer. Seja seletivo nas suas batalhas, estar bem consigo mesmo é melhor que tentar ter a razão sobre tudo, supere, seja a resiliência, estar bem mentalmente vale mais que qualquer mero bate boca com alguém. E a você que leu e sabe que já testou a paciência de alguém, peça desculpa, seja grato, amadurecer também é abandonar até seus próprios egos e razão. Pois no final não vai valer tanto desentendimento, mas o nosso ‘karma’ uma hora chega.... O essencial para a nossa felicidade é a nossa condição íntima, e desta somos nós os senhores. - Epícuro




Nenhum comentário:

Paginação numerada



1 2 3

INSCREVA-SE

Subir